Conheça Loo

23 June 2016

Tell us your story

Thanks for the story. Something is wrong. Try again later.
 

Militância estética

"Nunca aceitei ser um ‘peso na Terra’, fazer algo que acredito e que me conecte com outras pessoas, sempre me motivou a evoluir."

Modelo desde a adolescência, a baiana Loo Nascimento se mudou para São Paulo em 2005 para seguir sua carreira como modelo. Colecionava tecidos brasileiros que remetiam a estampas africanas por hobby e criou o blog pessoal Dresscoração para compartilhar as referências de moda e decoração que encontrava. Com a criação da Página no Facebook e uma onda de compartilhamentos, veio a percepção de que faltava representatividade na indústria e que ela era parte de uma grande camada da sociedade brasileira carente de referências voltadas para comportamento e estilo. E foi assim que o Dresscoração cresceu, para estimular o autoconhecimento, e se transformou em um projeto de militância estética. Hoje, a comunidade criada por Loo reúne mais de 50 mil leitores no Facebook e no Instagram.

O poder de se autoafirmar

Em 2012, quando já não trabalhava como modelo, Loo fez um curso de tendências em São Paulo e usou a primeira parcela do décimo terceiro para produzir camisetas para o blog com palavras e frases de empoderamento como “Bonita” e “Eu Amo Meu Cabelo”. As camisetas geraram identificação imediata entre as leitoras. Depois de um ano produzindo, ela decidiu investir em um período sabático na cidade natal, Salvador. Ao reencontrar a coleção de estampas brasileiras, criou as primeiras peças em oito meses e o retorno positivo do público soteropolitano a fez sentir no caminho certo. De volta à São Paulo, em 2014, ela passou a trabalhar como hostess em um restaurante francês que possibilitou que ela juntasse a verba que precisava para lançar uma coleção capsula e começar a empreender no início de 2015.

Após um ano vivendo apenas da marca, Loo está satisfeita com as suas criações, sempre buscando se reinventar. A trajetória dos pais com militância política e empreendedorismo inspirou a coragem necessária para enfrentar os momentos mais difíceis. “Ser a minha chefa e minha funcionária, às vezes é muito difícil, requer uma disciplina que ainda estou aprendendo a ter. Mas é recompensador terminar o dia e saber que estou fazendo o que amo e quero.”

“A moda sempre foi um símbolo político”.

A marca registrada de Loo são os turbantes, acessório que ela usa desde criança, e as roupas estampadas. A segurança para vestir vem do empoderamento estimulado pela família desde que ela e a irmã mais nova, Luma, eram crianças. A educação dada pela família deu segurança para ousar nas combinações e no cabelo, tudo pautado na própria personalidade. “Em casa fomos educadas a sempre buscar autoconhecimento, sempre estivemos cientes das questões raciais e políticas da sociedade em que estamos, acredito que isso gerou uma conscientização de quem sou e de como me posicionar na vida desde cedo.”, diz.

A proposta da Dresscoração também é buscar a exaltação da estética afrobrasileira. Além de um blog e de um e-commerce, Loo aposta em um formato de evento itinerante para levar as peças para várias feiras de arte e moda pelo Brasil e encontrar os leitores que se dizem inspirados pela sua história. Além de tops e saias com cortes ousados, Loo também leva o discurso empoderador que é filosofia da marca. “Dá gosto de ver as pessoas se interessarem pelo meu trabalho, estando diretamente ligadas ou não ao conceito que ele tem. Dresscoração está aí pra todo mundo que entender que é preciso desconstruir os estereótipos equivocados que nos ‘educaram’.”

“Me joguei no escuro, num ato de fé, de acreditar no que eu decidi fazer”

Saiba mais sobre a Dresscoração no Facebook e Instagram.

Fotos: Dejumatos

Tell us your story

Thanks for the story. Something is wrong. Try again later.